Vídeo Marketing: Por que aderir a essa estratégia

Os vídeos têm ganhado cada vez mais espaço na internet, ultrapassando as barreiras do entretenimento, e são os novos queridinhos do marketing. Mas, afinal, o que é o vídeo marketing, e como ele se torna uma ferramenta poderosa para a sua empresa?

O vídeo marketing, como o próprio nome diz, é uma estratégia de marketing que utiliza, principalmente, de recursos audiovisuais na transmissão da mensagem. Tem diversas formas, adaptando-se ao público e ao produto, por isso é perfeito para qualquer tipo de conteúdo! 

Dá só uma olhada nos diferentes tipos de formato que o vídeo marketing pode assumir:

  • Institucional: Os vídeos institucionais tem como objetivo fortalecer a imagem de uma marca, e não do produto. Se realizado de forma correta, gera maior conexão com o público, que priorizará sua empresa no mercado.
  • Educativo: Já os vídeos educativos tem como foco ensinar um conteúdo ou habilidade. Recentemente ganharam espaço, principalmente através de videoaulas e cursos online. Podem também ser usados para explicar sobre um processo ou diferencial da sua marca.
  • Treinamentos: Aquelas informações complicadas, que podem deixar o treinamento da equipe maçante, são muito melhor assimiladas através desse recurso audiovisual.
  • Apresentação: Geralmente se encontra na landing page do site, o vídeo de apresentação ou demonstração de produto é um dos fatores que mais impactam na adesão do cliente.
  • Depoimentos: Os cases de sucesso e depoimentos de clientes são vídeos super procurados por potenciais consumidores, e podem ser cruciais na decisão da compra.
  • Comercial: Os vídeos comerciais são as famosas propagandas, focados em divulgar os produtos e serviços de certa marca.
  • Live: Vídeos ao vivo têm ganhado espaço, e são donos dos recordes de engajamento, apresentando até 8 vezes mais de taxa de retenção. Pode ser usado em cobertura de eventos, interagir ao vivo com o público e mostrar processos de bastidores.
Um exemplo de video animado para explicar um tema sério de forma lúdica.

A esse ponto você já deve ter se perguntado o porquê de apostar nos vídeos como uma estratégia de marketing ter se tornado tendência, e tem muita explicação pra isso! Além de tornar o conteúdo mais compreensível, os vídeos aumentam a chance de conversão e dialogam melhor com o espectador. Dá só uma olhada nesses dados:

  • 79% dos usuários acham o vídeo o melhor formato para acompanhar uma marca, segundo Brightcore
  • 81% das empresas usam vídeo marketing e 99% delas vão continuar a usar
  • As estratégias de conteúdo que utilizam dos vídeos geram até 66% mais leads qualificados
  • Visitantes gastam 88% mais tempo num site com vídeos
  • 76% das empresas que adotaram essa estratégia aumentaram seu tráfego orgânico

Existem várias formas de produzir um conteúdo audiovisual, e aí é só pensar no que se adapta melhor ao seu produto! Aqui na Ideia Clara, por exemplo, trabalhamos com dois principais tipos de vídeo: whiteboard e motion graphics, e ambos se adaptam a diferentes formas do vídeo marketing .

Whiteboard:

Muito didático, o whiteboard (você também pode chamar de: Draw my life, Talk Ilustrado, Vídeo em Facilitação gráfica ou mesmo “aquele videozinho que a mão vai desenhado enquanto a gente fala”) é o queridinho de todas as gerações. Sabe aquele vídeo em que o desenho vai se formando num quadro branco? É esse mesmo! Eles são relativamente fáceis de produzir, bonitos, e geram maior conexão com o espectador, que acompanha a história nascendo do zero. Preparamos uma playlist com alguns exemplos:

Motion Graphics:

Com a característica de explorar personagens, cenários e situações com cores e movimento, o motion tem uma cara mais moderninha – apesar de ser usado desde a década de 1940, como a gente conta aqui – e traz mais possibilidades do que o whiteboard. Pode ser aquela animação que a gente conhece ou uma colagem digital, e se adapta ao tom da sua empresa e público. Olha esse vídeo, explicando sobre os diferencias dos cursos de graduação do UNIBH. Fizemos 42, cada um deles falando sobre um curso, com um personagem diferente. Você pode ver mais sobre esse projeto de marketing educacional aqui.

Se você preferir, existem formas de você mesmo produzir o seu vídeo marketing – no formato de vlogs, por exemplo. Por isso, é importante saber como construir muito bem esse processo. E eu não iria deixar você ir embora sem algumas dicas:

1 – Prepare sua mensagem

Se coloque no lugar do espectador e procure criar um conteúdo relevante; algo que, de fato, faça sentido para sua persona. Considere o que você vai dizer. Pense e repense uma, duas, três ou quantas vezes for preciso. Tenha algo a acrescentar.

Prepara sua mensagem

2 – Foco

Entenda a sua mensagem e foque em uma coisa por vez. Você quer contar sobre a história da sua empresa, um produto, ou dar dicas? Para a mensagem ser clara e atingir o maior público possível, você precisa ser objetivo com a mensagem – e tratar um assunto só!

Tenha foco

3 – Sinceridade

Nada de inventar histórias mirabolantes para fazer o seu produto parecer atrativo aos olhos do consumidor. A sinceridade é a principal responsável pela conexão do espectador com o seu produto, e deve ser tratada com seriedade. Seja honesto sempre!

Seja honesto sempre!

4 – Seja simples

Evite termos técnicos ou rebuscados. Aqui, nós prezamos pela democratização da informação, e ela é super importante para atingir o maior número possível de pessoas. Quanto mais simples e acessível for a sua ideia, maior a chance do público se conectar ao seu produto.

Seja simples!

Se você se decidiu por investir no vídeo marketing, a Ideia Clara pode ajudar! Vem bater um papo com a gente e descobrir qual é a melhor forma de descomplicar a sua ideia!

Mande um oi pra gente e conta como podemos ajudar:

Desenvolva a criatividade da sua equipe:

Vamos trocar uma ideia?

Menu